conteúdo do menu
conteúdo principal

NOTÍCIAS

09/04/2019

Gestores do Parque Aldeia do Imigrante explanam sobre investimentos no atrativo turístico para vereadores

Cláudio Weber e Hélio Junior explicaram sobre todas as obras realizadas no atrativo turístico após a assinatura do contrato de concessão.

COMPARTILHAR NOTÍCIA

Após quase um ano da assinatura do contrato de concessão do Parque Aldeia do Imigrante, os gestores do atrativo turístico participaram da sessão ordinária do dia 8 de abril. O objetivo foi apresentar os investimentos feitos ao longo de quase um ano de gestão. A explanação começou com Cláudio Weber, consultor da Urbanes Empreendimentos, que mostrou cada melhoria feita no Parque. São obras por todo o atrativo. Entre as principais citadas, está o sistema de cisternas para reservar água a fim de molhar as plantas e lavar o calçamento, novas catracas de entrada, reforma completa do Biergarten e dos banheiros, sistema de internet na Aldeia Histórica, novo playground para crianças, revitalização das placas e colocação de corrimões para auxiliar a mobilidade dentro do parque. Além disso, todo o paisagismo do Parque foi refeito e as caixas de som, antes em desuso, foram revitalizadas e reativadas. As catracas de entrada são novas e os pedalinhos foram reativados, agora com todo aparato de segurança necessário. Os tecidos do coreto foram trocados, as construções receberam pinturas novas e jardins flutuantes agora boiam sob a água dos lagos. “Temos que nos enquadrar dentro das normas técnicas e sanitárias, por isso muitas coisas foram refeitas quase que do zero. Também cuidados para não perder a identidade germânica do Parque”, explicou Cláudio.

Além do que já foi feito, planos futuros também foram apresentados. Há um projeto para construção de uma ciclovia dentro do Parque, colocação de chimarródromos e banheiros novos para a Aldeia Histórica. No elemento japonês, um museu e jardim serão construídos a fim de explicar a relação entre o Japão e Nova Petrópolis. Também está prevista a construção de uma micro cervejaria medieval. “Também planejamos trazer casamentos para a nossa igreja. Isso atrai mais turistas para o atrativo.”

Sobre o número de visitantes, houve crescimento de pouco mais de 5% no período de um ano. Os cadastros de agências de turismo e guias turísticos também avançaram significativamente. “Antes da concessão, não havia nenhum castro, agora já temos 328 e todos são comissionados”, explicou Hélio Junior, diretor da Urbanes Empreendimentos. Ele também declarou que os investimentos no Parque já são quase o dobro do que foi combinado na assinatura do contrato. “Tínhamos que investir R$ 750.000. Já colocamos R$ 450.000 a mais.” Cláudio disse ter certeza de que daqui alguns anos um parque maravilhoso estará à espera da comunidade e que ela precisa ver o que está sendo feito. “Queremos trazer nossos moradores, que entram de graça, de volta para o Parque.”

O presidente Daniel Michaelsen disse que quando o projeto da concessão foi aprovado, não teve dúvidas de que era o melhor para o Parque. “Quero parabenizar vocês pelo trabalho realizado, nossa história está sendo preservada. Vocês cuidam de cada detalhe, meu sentimento hoje é de gratidão.”

Fonte: Câmara de Vereadores de Nova Petrópolis