conteúdo do menu
conteúdo principal

NOTÍCIAS

12/11/2019

Vereadores aprovam moção de apoio aos servidores da Polícia Civil do Rio Grande do Sul

Pacote do governo Eduardo Leite (PSDB) prevê diversos cortes e redução de salário aos servidores estaduais.

COMPARTILHAR NOTÍCIA

Na sessão ordinária do dia 11 de novembro os vereadores aprovaram a moção 009/2019, que foi assinada pelos 11 edis. O objetivo é apoiar os servidores da Polícia Civil do Rio Grande do Sul perante o pacote do governador Eduardo Leite (PSDB), que prevê cortes para o funcionalismo público, inclusive redução de salários. Camilo Pereira, delegado de Nova Petrópolis, utilizou a tribuna a fim de explicar qual a situação dos trabalhadores atualmente, que não recebem pagamento há mais de 50 dias. “Estamos há cinco anos com atrasados e fazendo empréstimos. Pagamos juros para receber o salário. Há um descaso do Estado com a polícia investigativa.” Ele também informou que após o anúncio do pacote do governo, muitos delegados já passaram a encaminhar suas aposentadorias, o que reduz ainda mais o efetivo. “Já estou fazendo plantões em Caxias do Sul porque lá três delegados se aposentaram”, explicou Camilo.

Por meio da justificativa da moção os vereadores se manifestaram contra a redução salarial e da retirada de direitos que prejudiquem os policiais civis ativos e inativos. “A proposta (…) impõe aos servidores da polícia mais encargos do que já vêm sofrendo, como atraso de salários e outros, o que enseja desestímulo da força frente ao combate da criminalidade cada vez mais organizada”, é o que consta no documento. O delegado finalizou sua fala agradecendo os vereadores pela moção. “Nós policiais temos quatro vezes mais chance de morte do que os demais cidadãos por conta do risco da profissão. Não recebemos Fundo de Garantia e nossa dedicação é exclusiva, 24h, até nas férias. Esta moção demonstra que nosso trabalho está sendo visto. Mil vezes obrigado.”

Fonte: Câmara de Vereadores de Nova Petrópolis